• No Brasil, o e-sports é um reflexo sobre como, cada vez mais, o país está presente no universo dos esportes eletrônicos, devido a forte presença de jogadores de futebol brasileiros.

    O cenário é perfeito, pois é onde os jogadores da vida real conseguem passar seus momentos de lazer, jogando no virtual. 

    Mais ainda, eles estão não somente jogando, mas investindo no mercado e criando seus próprios times e organizações.

    Além disso, os jogadores brasileiros são verdadeiros influenciadores do meio e através de suas imagens de celebridades esportivas, conseguem aumentar a audiência para esse mercado que só inova.

    E não se engane, não são somente jogos virtuais da FIFA, mas vários outros como Counter-Strike, League of Legends, Fortnite e Free Fire que estão entre os favoritos. 

    Neste artigo, vamos falar sobre quem são os principais jogadores brasileiros que, nas horas vagas, são verdadeiros gamers virtuais. 

    e-Sports, imagem ilustrativa. Reprodução

    O mercado de e-Sports no Brasil

    As expectativas para este ano é de que o mercado de e-Sports alcance uma receita de US $2 bilhões (cerca de R $7 bilhões) até o final de 2022.

    Isso só mostra o seu crescimento vem dominando o universo tecnológico e trazendo uma audiência, cada vez maior, para as competições.

    Neste contexto, podemos entender que o os Esportes eletrônicos ou e-Sports falam sobre competições de jogos eletrônicos, que vão desde futebol até jogos de tiros, em que atletas disputam partidas on-line ou em eventos presenciais. 

    Em sua maioria, a audiência acompanha tudo isso através de plataformas de streaming ou mesmo no local do evento. 

    Jogadores de futebol que jogam e-Sports

    A lista é extensa e recheada de craques do futebol. Aqui, estão os principais deles, seus jogos favoritos e como estão apostando no mercado do e-sports.

    Confira!

    Neymar Jr.

    O camisa 10 da Seleção Brasileira é um fã dos esportes virtuais. Ele sempre aliou sua vida jogando bola com a diversão nos jogos virtuais. 

    Não à toa, o jogador se tornou streamer no Twitch e já conta com 1,9 milhões de seguidores na plataforma.  

    Entre seus jogos favoritos estão os jogos da FIFA, Player Unknown ‘s Battlegrounds e  Counter-Strike.

    Ao entrar para o Twitch, em sua primeira partida, Neymar contou com mais de 100 mil pessoas ao vivo, simultaneamente, para acompanhar o craque da Seleção.

    Neymar Jr – Fortnite
    Neymar Jr – e-Sports

    Casemiro

    Casemiro é mais outro craque da seleção brasileira, além de ser o volante do Real Madri. Mas nas horas vagas, é no mundo do e-Sports que ele se joga. 

    E não somente como gamer, mas como grande investidor do mercado do esporte virtual. 

    Isso porque, Casemiro lançou sua própria organização, Case Esports, e já tem seu time oficial de CS:GO (Counter-Strike: Global Offensive).

    Tais jogadores se mudaram para uma casa em Madri e é de lá que competem nos campeonatos europeus. 

    Além disso, Casemiro preza para que o time da Case Esports seja composto somente por brasileiros, bem como, tem como objetivo o incentivo aos jovens talentos gamers.

    Para além da CS:GO, no ano passado também foi anunciada a entrada da organização em outras modalidades, como League of Legends, Valorant e FIFA.

    Case Esports

    Paquetá

    O jogador brasileiro, ex-Flamengo e atual contratado para o time inglês West Ham, leva muito a sério a sua paixão pelos eSports. 

    Ele foi um dos primeiros jogadores brasileiros a entrar na onda dos jogos virtuais, e desde 2019 tem a sua equipe, que jogou nas primeiras ligas da Gamers Club.

    A Paquetá Esports Gaming é o nome da equipe de CS:GO do jogador. Porém, em 2021 a equipe encerrou suas atividades, deixando livres para contrato, todos os integrantes do time que até então, conseguiu ser um dos melhores de CS:GO.

    Paquetá Esports Gaming
    Paquetá Esports Gaming

    Felipe Melo

    Felipe Melo é o atual volante do Fluminense, mas também, grande fã dos esportes virtuais, seja nos mapas de Rainbow Six Siege ou nos campos digitais de FIFA.

    Sua paixão pelos esportes virtuais, como todo fã, também já causou polêmica, quando ele protestou contra a EA Sports, por problemas ocorridos em sua conta do FIFA 21. 

    e-Sports, Felipe Melo

    Gabriel Jesus

    Gabriel Jesus não esconde que são nos jogos virtuais, sobretudo CS:GO e FIFA que ele tem seus momentos para se divertir, fora dos campos. 

    O atual atacante do Arsenal, time inglês, já participou de campeonatos de CS:GO ao lado dos amigos e até mesmo Neymar participou da live para acompanhar o craque, ao lado de 10 mil usuários simultâneos. 

    e-Sports, Gabriel Jesus

    Thiago Silva

    O zagueiro brasileiro que segue grande pelo Chelsea, da Inglaterra, é um dos jogadores da seleção mais antigos, na formação atual. 

    O jogador até curte jogar FIFA, mas a sua preferência é por outros estilos como Call of Duty.

    Dentro de casa, o assunto é levado a sério, onde o ex-jogador do Fluminense guarda as suas coleções de jogos e itens da Call of Duty. 

    Thiago Silva. Reprodução

    João Pedro e Kaique Rocha

    Os dois jogadores de futebol se uniram para formar a Team Vikings, VKS. Fundada pelo atacante João Pedro e o zagueiro Kaique Rocha, tudo começou com Fortnite, mas o momento de destaque foi com o jogo VALORANT.

    João Pedro e Kaique Rocha, TEAM Vikings VKS

    Arthur Melo

    O craque é campeão da Libertadores pelo Grêmio e atualmente joga na Juventus, da Itália.

    E junto ao seu crescimento na carreira como jogador de futebol, aumentou, também, a vontade de investir na 00 Nation, que é uma organização norueguesa de e-Sports. 

    Ele não é um dos fundadores, porém, atua no front, para que tudo funcione bem e sempre captando os melhores players brasileiros para o time deles.

    Dentro da equipe, eles contam atualmente com uma das estrelas brasileiras do CS:GO, Marcelo “coldzera” David. 

    E dentro os demais investimentos da equipe no cenário brasileiro, a 00 Nation montou times de Free Fire e Rainbow Six com atletas nossos.

    Arthur Melo e Gaules, e-sports
    00 Nation, Arthur Melo

    Douglas Costa

    O jogador  brasileiro, ex-Grêmio e atacante no Los Angeles Galaxy, criou a DC Team, que veio para somar no mundo dos eSports.

    De início, atacando no Fortnite, FIFA e depois com uma lineup de PUBG Mobile. Além desses, o jogador afirma sua paixão pela VALORANT e Call of Duty: Warzone. 

    DC e-Sports
  • A Copa do Mundo é um dos maiores eventos globais, com capacidade de atingir uma audiência simultânea de bilhões de pessoas.

    Para o ano de 2022, a edição irá ocorrer no Qatar, e pela primeira vez, não será no meio do ano, devido aos aspectos climáticos do país, que mede altas temperaturas.

    Por isso, além da Copa de 2022 ser em Novembro, começando no dia 20, também irá lidar com questões desafiadoras, como a própria cultura do país anfitrião.

    Neste artigo, vamos conversar sobre o impacto global de uma Copa do Mundo e como o evento este ano irá funcionar no âmbito do marketing.

    Confira!

    Copa do Mundo Qatar 2022

    Ações de marketing na Copa do Mundo 2022

    Quando pensamos em Copa do Mundo, é unânime que é uma época de celebração, festas, marcas, e muita, mas muita gente envolvida.

    O Qatar sediará a Copa do Mundo em 2022 e, portanto, quaisquer ações de marketing precisarão levar em conta as sensibilidades culturais da região. 

    Além disso, a Copa do Mundo é sempre um evento muito esperado e, portanto, haverá uma competição significativa pela atenção de marcas e empresas. 

    Estamos muito perto do evento, e já podemos sentir as movimentações desde o início do ano. 

    Por isso, quaisquer ações de marketing precisarão ser altamente criativas e atraentes para que se destaquem. 

    Qualquer Copa se destaca até mesmo para quem não costuma acompanhar futebol. Logo, seu retorno e visibilidade são enormes, quando o assunto é trazer publicidade aliadas ao tema Copa.

    Porém, é crucial sempre lembrar que a Copa do Mundo não pode ser usada abertamente. Afinal, trata-se de uma propriedade intelectual inviolável, pertencente à FIFA.

    E o que isso quer dizer? O uso do nome está autorizado somente aos patrocinadores oficiais, que possuem exclusividade na hora de usar símbolos e referências diretas em campanhas. 

    Patrocinados oficiais Copa do Mundo 2022

    Fuja do marketing de emboscada

    Além dos patrocinadores oficiais, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também detém o direito de associar marcas à seleção brasileira e símbolos, usando marcas que possuem essa parceria. 

    Por isso, é completamente proibido fazer publicidade, campanhas de marketing, dentre outras ações, associadas ao nome da Copa, selos e símbolos, caso você não seja um dos patrocinadores.

    É tido como “marketing de emboscada” toda prática que tenta se aproveitar, pegando carona nas publicidades oficiais, para promover outras marcas não associadas. 

    Por isso, na hora de montar estratégias para alcançar seu público, através da Copa, lembre-se de não fazer menções diretas e não usar imagens oficiais. 

    Nessa hora, a criatividade e a inovação devem falar mais alto. Afinal, mesmo tendo um grupo seleto de patrocinadores oficiais, todas as marcas podem e devem aproveitar a época da Copa para alavancar seus nomes. 

    É um evento que só acontece a cada 4 anos e movimenta o mundo inteiro. Mais ainda, estamos falando, também, do Brasil, considerado o país do futebol. 

    Estratégias legais de marketing para sua marca 

    Fica absolutamente liberado utilizar as cores das bandeiras, criar produtos e campanhas que se associam ao futebol de modo geral, bem como, promoções e ações com influenciadores, que remetem ao clima da Copa, sem necessariamente citar as propriedades da FIFA.

    Como exemplo, a Yoki, criou uma campanha na qual o consumidor ganha um balde pipoca no formato de bola de futebol, com as cores da bandeira do Brasil, a cada compra de 4 pacotes de pipoca da marca. 

    Bacana, né?

    Ação de marketing da Yoki para a Copa do Mundo

    Álbum de figurinhas Panini

    Outro produto que já está agitando o mercado, é o tradicional álbum de figurinhas, mobilizando consumidores de todas as idades, desde crianças até colecionadores mais velhos. 

    Estandes para a famosa troca de figurinhas já estão espalhados aos montes nas cidades brasileiras, e certamente se você está lendo esta matéria, já pode ter esbarrado com alguém que está montando seu álbum, ou até mesmo você! 

    Um produto clássico da Panini, que sem dúvidas, faz parte do espírito de toda Copa do Mundo. 

    Álbum de figurinhas Panini

    Camisas da Seleção

    A venda das camisas da seleção brasileira também já está a todo vapor. 

    Segundo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o uniforme 2022 é “vibrante e arrojado” e tem como inspiração, a coragem e cultura de um povo que nunca desiste. 

    A Nike lançou campanha que anunciou a camisa com slogan “Nossa garra segue em frente”.

    Aqui, podemos sentir, também, um apelo às últimas derrotas e a já conhecida garra do brasileiro, sobretudo, no quesito futebol, de querer muito esse Hexa na prateleira. 

    A sua criação para este ano foi inspirada na “garra e beleza da onça, a camisa une todos os brasileiros”.

    Camisas da Seleção brasileira 2022

    Fortes tendências

    Como sempre, o marketing de influência se mostra como uma das grandes apostas para as campanhas e ações na Copa do Mundo 2022.

    Personalidades esportivas, influenciadores com nicho futebolístico como Luva de Pedreiro e Casimiro, certamente entram para a lista de relevância para aproximar produtos e serviços com os consumidores. 

    Influenciadores Casimiro e Luva de Pedreiro

    Na era atual, para além dos próprios jogadores, veremos a febre dos influenciadores produzindo e reproduzindo muito conteúdo em redes sociais.

    Fica, então, a prova de que quanto mais ativações as marcas fizerem, pensando no universo do futebol, maior será a chance de estarem em contato com seu potencial cliente. 

    Marcas que não interagirem com este segmento, certamente deixarão de aproveitar uma onda que só vem a cada 4 anos. 

    O mascote metaverso da Copa do Mundo no Qatar

    Quando o assunto é Copa do Mundo, o Mascote sempre é uma das principais atrações. Afinal, é responsável por representar, em sua identidade, o país anfitrião do evento.

    Nesta edição da Copa do Mundo 2022, o mascote foi apresentado em um formato novo, inovador e que chamou bastante atenção para a era moderna.

    O “mascote-verso”, como foi chamado, o mascote La’eeb foi criado e lançado em um especial da FIFA, na realidade alternativa do metaverso. 

    Mascote da Copa do Mundo 2022 – La’eeb

    Durante a sua apresentação na realidade virtual, foi possível acompanhar pelo “guia” La’eeb, explicações para a origem dos mascotes, do futebol e reviver os antigos personagens de outras edições, no passeio que ele conduz, no vídeo de apresentação. 

    Mascotes como o Fuleco, Ciao e o Povo Paul deram uma pontinha de aparições. 

    O desenho do mascote da edição da Copa no Qatar fala muito da cultura do país. Ele representa os tradicionais lenços usados pelos árabes e seu nome pode ser traduzido como “jogador super habilidoso”. 

    O vídeo de apresentação foi o que mais chamou atenção, confira abaixo!

    Apresentação oficial do Mascote La’eeb

    O consumo de conteúdo dos brasileiros na Copa do Mundo 2022

    As redes sociais estão tomando conta dos conteúdos relacionados a Copa do Mundo de 2022. 

    De acordo com dados de uma pesquisa realizada pela Globo, na Plataforma Gente, podemos notar que quando o assunto é se informar sobre a Copa, os brasileiros buscam atualizações em sites e portais esportivos (74%); noticiários esportivos (57%); redes sociais (49%); jogos ao vivo (44%).

    A pesquisa teve como objetivo identificar os comportamentos que o consumidor apresenta durante o evento, o que mostrou como a Copa consegue elevar os ânimos e engajamento do brasileiro.

    Os motivos para acompanhar a Copa pelas redes sociais variam. 70% dos entrevistados querem usar as redes como ferramenta para resumir os principais momentos.

    Já 69% desejam acompanhar os memes relacionados ao evento; 63% irão buscar nas redes sociais jogos que já ocorreram e 60% dos entrevistados dizem que as redes sociais servirão como agenda para guiar os dias e horários das partidas que desejam assistir.

    Isso nos mostra o grande legado que uma Copa do Mundo tem e o grande poder de impacto na população brasileira e global. 

    Visto que é um momento esperado, único, e que une as nações, sem dúvidas, não podemos esperar menos do que muito agito, conteúdos, memes, ações, ativações de marcas, e um mercado aquecido, antes, durante e depois de um dos maiores eventos do mundo!

    E você, também está animado para a Copa do Mundo no Qatar 2022?

    Se você é empresa ou produtor de conteúdo e quer fazer parte desses momentos, entre em contato conosco

    Nosso time é especializado em engajar marcas e pessoas, sobretudo em momentos memoráveis como uma Copa. 

  • Nos últimos anos, a ascensão da influência digital teve um profundo impacto sobre os jovens. 

    Com o advento das mídias sociais e a proliferação de dispositivos móveis, os jovens estão agora mais conectados do que nunca. 

    Esta conexão constante com o mundo digital levou a uma série de mudanças na maneira como os jovens se comunicam, interagem uns com os outros e veem o mundo.

    Embora o impacto da tecnologia digital sobre os jovens tenha sido amplamente positivo, há alguns pontos negativos a serem considerados também. 

    Por isso, é importante estar ligado aos impactos que a influência digital pode causar nos jovens, sejam positivos ou negativos

    Afinal, são eles quem estão mudando o mundo! 

    Neste artigo, vamos conversar sobre as mudanças no comportamento dos indivíduos e a importância que todas essas rápidas mudanças trouxeram nos novos formatos de se viver.

    Confira!

    A importância das redes sociais

    As redes sociais se mostram cada vez mais importantes na vida dos jovens, seja a nível de desenvolvimento pessoal e até mesmo profissional.

    Elas estão presentes em quase todos os aspectos da vida das novas gerações, desde o entretenimento até a educação, provando que plataformas como Tik Tok, YouTube, Instagram e Twitter são excelentes escolhas, quando bem utilizadas.

    Os jovens estão em melhor posição do que muitos adultos para aproveitar as oportunidades que isso traz. 

    Isso porque eles estão usando as tecnologias para se engajar e fazer a diferença no mundo atual.

    Além disso, as redes sociais têm um enorme impacto na forma como os jovens se relacionam uns com os outros, o que é muito importante para analisar como estão se comportando as gerações atuais, comparadas a outras.

    Todo esse contexto, mostra, também, a grande variedade de conteúdos que são disponibilizados, diariamente, em todo o mundo, por esses indivíduos.

    O acesso à informação, ferramentas e tendências se mostra disponível para todos os momentos, na palma da mão. E vem mostrando como é viver no mundo moderno.

    Imagem Ilustrativa

    O impacto da tecnologia na vida dos jovens

    A tecnologia está mudando o mundo em que vivemos e os jovens estão no centro dessa mudança. 

    Eles são os principais usuários das novas tecnologias que estão transformando a forma como nos comunicamos, nos relacionamos e aprendemos.

    Nem tudo é tão positivo assim

    A mídia digital tem tido uma série de impactos positivos sobre a juventude. Por exemplo, ela lhes proporciona acesso instantâneo a uma grande quantidade de informações e lhes permite se conectar com outras pessoas ao redor do mundo. 

    Entretanto, há também um lado negativo nessa constante conectividade. 

    Muitos especialistas acreditam que muito tempo de tela pode levar ao isolamento social, ansiedade e depressão.

    Com tanta coisa boa, há também um lado ruim. 

    Outros estudos mostraram que metade dos jovens e crianças estão estressados e apreensivos com as notícias. 

    Mais ainda, esses mesmos jovens ainda não têm idade suficiente para entender o contexto em que as notícias estão inseridas e isso faz com que se sintam desprotegidos.

    Impactos positivos vs Impactos negativos

    A influência digital é reflexo dos pais da geração Z

    Seja na busca por um emprego, pelo apoio para uma decisão ou até mesmo pelo estímulo a se engajarem em atividades voluntárias, as gerações mais jovens estão, cada vez mais, buscando influência digital. 

    E isso não é nenhuma surpresa. 

    Desde que seus próprios pais começaram a se conectar nas redes sociais, seja para interagir com amigos e conhecidos ou para manter contato com os filhos, os jovens já estavam vendo como seus pais tinham uma grande influência digital. 

    Agora, estamos vendo jovens que cresceram nessas redes começando a mostrar sua própria influência digital. E isso tem grande impacto!

    Os pais da Geração Z começaram a usar as redes sociais e, em especial, o Facebook, para se engajarem em causas, promover ações e compartilhar de suas opiniões e momentos da vida pessoal.

    Então, é normal assistirmos as gerações atuais indo pelo mesmo viés, de forma muito mais moderna, sobretudo quando se voltam para o lado profissional. 

    Basta notarmos, também, a quantidade de novas profissões que têm surgido, devido ao grande avanço tecnológico e comportamental das pessoas

    Com seus telefones voltados principalmente a aplicativos de mídia social e plataformas de streaming, sem dúvidas suas vidas já são influenciadas principalmente pelo que veem em suas telas. 

    Imagem ilustrativa

    O marketing de influência é a grande sacada do milênio

    O marketing de influência é considerado como uma das principais estratégias para impactar os millennials e a geração Z, as duas gerações mais presentes no digital. 

    Diante dessa leva de gerações já acostumadas com o mundo virtual, a relação dos consumidores com as marcas sofreu muitas alterações e continuará passando por diversas mudanças. 

    Atualmente, os influenciadores digitais são os que movem e agitam estas mudanças. E eles são altamente respeitados, devido a grande autoridade que ganharam no mercado.

    E é por isso que as marcas que desejam fazer parte da conversa querem estar próximas a eles.

    Estudos mostram que cerca de 75% das novas gerações, sobretudo a Geração Z consideram a marca como uma parte do influenciador digital que admiram. 

    Para as empresas, isso representa uma grande oportunidade de impactar esses consumidores.

    Afinal, isso mostra o grande poder de impacto na decisão de compra dos consumidores, que os influenciadores conseguem exercer. 

    Imagem Ilustrativa

    A influência digital transformou o mundo

    A essa altura, fica claro que a forma como consumimos informações também mudou drasticamente. 

    As redes sociais como o TikTok , o Instagram, o Facebook, o Tumblr, o Twitter e o YouTube permitem que milhões de pessoas em todo o mundo divulguem seu conteúdo digital a todo instante.

    Esses canais de comunicação são extremamente influentes e são utilizados ​para transmitir mensagens étnicas, culturais, religiosas e políticas.

    Ou seja, redes sociais são capazes de ditar comportamentos, tendências de consumo, opiniões e abrir espaço para novas ideias. 

    E é exatamente isso que está acontecendo agora: milhões de jovens estão publicando seu conteúdo digital em canais de grande audiência e, com isso, estão afetando o mundo real.

    De acordo com estudos, 64% dos jovens de 18 a 34 anos usaram influenciadores das mídias sociais como fonte para conhecer marcas ou produtos. 

    Mais ainda, 48% dos jovens haviam comprado algo sujeito a recomendações e postagens compartilhadas pelos criadores de conteúdo. 

    E apenas 10% disseram que nunca foram influenciados por alguém que fale de uma empresa ou mesmo de um produto específico.

    Imagem ilustrativa

    Enxergamos aqui, um caminho sem volta. Estamos vivendo uma nova era e ela é cibernética. 

    Se você é uma marca ou um influenciador, junte-se ao nosso time de especialistas em Marketing de Influência e não perca a oportunidade de estar inserido na melhor comunidade de creators do mundo.

  • O publipost é uma estratégia que ganha cada vez mais força no meio virtual. Anunciar produtos e marcas através dos modos tradicionais, como outdoor e rádio, ficou no passado. 

    O post patrocinado, ou os famosos “publiposts”, são mais uma das formas que as empresas, influenciadores, marcas e agências utilizam para alavancar alguma campanha, fazer o lançamento de um produto ou serviço.

    É uma técnica bastante utilizada dentro do Marketing de Influência e que consegue gerar bons resultados tanto para quem quer divulgar, como para quem fecha parcerias neste modelo. 

    Neste artigo, vamos conversar sobre posts patrocinados, seu conceito, formatos de divulgação e as principais vantagens.

    Confira!

    O que são posts patrocinados?

    O que consideramos “publi” hoje é muito mais sobre o mundo cibernético.

    Com toda essa popularização, certamente você já se viu impactado por alguma publicidade ao navegar em sites e redes sociais.

    No mundo digital, podemos entender posts patrocinados de formas diferentes. Ele pode ser veiculado como uma mídia paga, através de plataformas que veiculam esses anúncios, como o Facebook, TikTok, Youtube e Google.  

    Ou mesmo, um post patrocinado pode ser feito a partir de parcerias entre marcas e influenciadores que desejam lançar alguma campanha ou promover produtos ou serviços.

    Dessa forma, um publipost veiculado através de uma parceria entre influenciador e marca pode ser pago de variadas formas, seja em troca de serviços, permutas ou valores estipulados. 

    Ambas os formatos de post patrocinado costumam performar muito bem, e os seus resultados variam de acordo com o nível que a sua marca está inserida, o que ajuda a entender qual o momento certo em apostar determinado formato.

    Imagem ilustrativa Publipost

    Como é feito um publipost?

    Sem dúvidas, um publipost é pensado para aumentar o alcance e repercussão de uma marca, através da publicidade veiculada. 

    Para isso, é preciso saber escolher bem o influenciador ou empresa parceira que irá fazer esse trabalho.

    Neste cenário, se torna fundamental analisar qual é público-alvo da marca que irá utilizar da estratégia de um post patrocinado, qual a meta e objetivos que desejam alcançar, e se condiz com a persona que compra os seus produtos e serviços.

    Quando falamos sobre parcerias de publipost com influenciadores, é crucial entender se a missão, valores e posicionamentos estão alinhados com a sua marca.

    Afinal, esses são pilares que representam a sua empresa e sustentam a imagem e credibilidade dentro do mercado. 

    Veja também se a missão, posicionamento e valores estão alinhados com a sua empresa, principalmente quando falamos de influenciadores. Lembre-se que ele representa o seu negócio, e qualquer postura inadequada pode prejudicar a sua imagem e credibilidade.

    O que você precisa para construir um publipost

    Quais são as principais vantagens dos posts patrocinados?

    Já conseguimos entender que o publipost é mais uma mecanismo que funciona quando o assunto é lançar, promover, patrocinar, divulgar uma marca e seus produtos ou serviços. 

    E, também, que esse post patrocinado pode ser feito através de influenciadores, agências ou plataformas para mídia paga.

    Mas, afinal, quais são os benefícios que usufruir dessa estratégia de marketing podem gerar? Tanto para uma marca, como para um criador de conteúdo. 

    A seguir, selecionamos as principais, veja só:

    • Gerar maior alcance;
    • Captação de leads;
    • Aumento no engajamento;
    • Melhora o SEO de um site ou blog;
    • O público é segmentado;
    • Você consegue reter clientes;
    • Influência sobre poder de compra;
    • Diversos canais de comunicação;
    • Aumento da autoridade e relevância da marca;
    • Qualidade de tráfego;
    • Ações segmentadas;
    • Aumento do ROI;
    • Aumento da base de leads;
    • Diversificação nos formatos.
    As principais vantagens de um publipost

    Portanto, agora que você já sabe o que é um publipost e todos os seus benefícios, está na hora de avaliar a sua marca e quais as necessidades dela, diante de mais uma estratégia certeira para o seu negócio.

    Ainda mais, ao fazer parcerias com influenciadores para publiposts, conte conosco da Samy. Seja você empresa ou influenciador digital, participe da nossa comunidade de influencers e criadores de conteúdo. 

    A ShineBuzz é sua aliada e uma ferramenta interna, na hora de criar bons conteúdos e recrutar os melhores influenciadores digitais, para promover os seus conteúdos.